Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

CERVEJARIA FEMINISTA LANÇA EM BELO HORIZONTE RÓTULO EM HOMENAGEM À CONCEIÇÃO EVARISTO

Conceição Evaristo e Maria Prestes homenageadas em rótulos de cerveja(foto: Divulgação)Cervejaria feminista lança em Belo Horizonte rótulo em homenagem à Conceição EvaristoCriada em janeiro deste ano, marca de bebida já homenageou viúva de Prestes
Esqueça o estereótipo de mulheres seminuas anunciando marcas de cerveja. Elas agora produzem cervejaartesanal e são homenageadas nos rótulos de uma das bebidas mais consumidas no país.

Amanhã a Cervejaria Feminista, idealizada por um grupo de cinco amigas cervejeiras - Andreia Prestes, Maria Antônia Goulart, Maura Santiago, Clarissa Cogo e Elaine Barbosa - lança em Belo Horizonte uma garrafa em homenagem à Conceição Evaristo, 71 anos. Escritora e ensaísta, nascida em uma favela da capital mineira, Evaristo é hoje uma das maiores autoras da literatura brasileira contemporânea, além de referência no movimento negro.

Esse é o segundo rótulo da Cervejaria Feminista que, em janeiro, lançou sua primeira garrafa em homenagem a Maria Prestes, viúva de…

COM 15 CERVEJARIAS,GRANDE BH SE CONSOLIDA COMO O 'CINTURÃO DA CEVADA' EM MG

Paula Lebbos comemora os resultados da Backer. Marca ganhou prêmio de melhor pilsen do Brasil(foto: Jair Amaral/EM/D.A.press)






Com 15 cervejarias artesanais, Grande BH se consolida como o 'cinturão da cevada' em MGProdução da bebida artesanal feita à base de cevada no estado deve crescer 14% este ano. Marcas capricham na qualidade, conquistam prêmios e região já é conhecida como a Bélgica brasileira
“Minas não tem mar, mas tem bar.” A frase, comum para definir a vocação boêmia do estado, ficou ultrapassada. Com 41 cervejarias artesanais instaladas no estado e pelo menos mais 30 marcas sem fábrica própria, Minas tem muito mais do que bares e se destaca na fabricação de cerveja a ponto de já ser considerada a Bélgica brasileira. A produção da bebida à base de malte de cevada e lúpulo alcança o 1,3 milhão de litros ao mês e, contrariando a crise, prevê crescimento de 14% este ano. Trata-se de número 28 vezes maior em relação ao aumento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro estim…

DEPOIS DE UM PERÍODO DE ESTAGNAÇÃO,BRASILEIROS VOLTAM A BEBER MAIS CERVEJA

Degustação da Cervejaria Baker: experimentação de cervejas consideradas premium dá impulso às vendas  Depois de um período de estagnação, brasileiros voltam a beber mais cerveja
Melhora dos níveis de emprego e queda da inflação estimulam o aumento do consumo da bebida, sobretudo pela classe C, mas setor está longe de recompor perdas dos últimos anos
 Depois de um longo período de estagnação mesclado com queda, o mercado brasileiro de cervejas aposta todas as fichas em 2018. Fatores como a redução da inflação e dos juros, melhora do nível do emprego e até a Copa do Mundo da Rússia devem levar os consumidores de volta aos bares e ao consumo da bebida. Pelas estimativas da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), 2017 fechará com uma ligeira alta em relação ao ano anterior, retornando à média de 13,3 bilhões de litros produzidos anualmente. Em 2016, último período da medição realizada pelo Sistema de Controle de Produção de Bebida (Sicobe) da Receita Federal, foram produz…

CURIOSIDADE: A CERVEJA NÃO É CONSIDERADA BEBIDA ALCOÓLICA NA RÚSSIA POR TER TEOR DE ÁLCOOL INFERIOR A 10%

CURIOSIDADE: A CERVEJA NÃO É CONSIDERADA BEBIDA ALCOÓLICA NA RÚSSIA POR TER TEOR DE ÁLCOOL INFERIOR A 10%
Cerveja não era considerada uma bebida alcoólica até 2011Acho que todos nós conhecemos o amor dos russos pelo álcool, por isso não é muito surpreendente que, durante anos e anos, a cerveja não tivesse sido considerada uma bebida alcoólica. Legalmente, isso não mudou até 2011!
Até esse ponto, qualquer coisa que tivesse um teor de álcool inferior a 10% era considerado um produto alimentício. Mesmo com todas as novas leis sobre álcool adotadas pelo país, as vendas de cerveja ainda continuam crescendo 30%! Acho que é realmente impossível tirar o álcool dos Russos.

Fonte:http://www.directexpose.com/fatos-fascinantes-russia/22