Pular para o conteúdo principal

CERVEJARIA ALEMÃ HOFBRÄUHAUS CHEGA A BELO HORIZONTE EM GRANDE ESTILO




O mestre cervejeiro Carlos Henrique é o responsável por replicar
 a cerveja alemã em BH

Cervejaria alemã Hofbräuhaus chega a Belo Horizonte em grande estilo

Frank Martins - Hoje em Dia

Para os entendedores de cerveja o nome e a marca Hofbräuhaus são sinônimos de Munique e da Alemanha. A história da cervejaria começa em 1589 quando o Duque da Baviera resolveu fabricar sua própria cerveja para não ter que pagar os altos preços da bebida que era comprada em Einbeck, na Baixa Saxônia. Assim foi fundada a Hofbräuhaus que, em alemão, significa“cervejaria da corte”. Ela ficou restrita entre a nobreza até 1828 quando foi aberta para o público em geral.
Na próxima terça-feira (24), ela também passa a fazer parte da história dos cervejeiros da capital mineira. Belo Horizonte vai ter a primeira filial da Hofbräuhaus na América Latina (Avenida do Contorno, nº 7613).
Com capacidade para 350 pessoas em um ambiente confortável e aconchegante, a Hofbräuhaus BH segue os padrões do modelo internacional. As mesas são todas coletivas, com enormes bancos que fazem com que as pessoas desconhecidas se misturem e bebam juntas.
O cardápio da casa também segue o que é servido em Munique com muitas carnes, especialmente suínas, chucrute, joelho de porco, entre outros. A casa servirá almoço e jantar a la carte e prato executivo.

Breja alemã feita em BH~

Um dos principais questionamentos feitos com a chegada da Hofbräuhaus em BH é como a cerveja feita aqui seria igual a produzida em Munique.
O mestre cervejeiro Carlos Henrique de Farias explica que as receitas vieram da matriz e que todos os ingredientes e maquinários também são importados da Alemanha. Até a água utilizada na fabricação da Hofbräuhaus em Belo Horizonte passa por um tratamento para chegar ao mesmo perfil mineral da água de Munique.
“Para manter a qualidade e o padrão, mensalmente, as cervejas feitas aqui serão enviadas para um laboratório de análise, que por sua vez envia o resultado para a matriz. Todas as receitas são produzidas de acordo com a Lei de Pureza Alemã de 1516 - a Reinheitsgebot, utilizando apenas água, malte de cevada, lúpulo e levedura de cerveja”, conta Carlos Henrique.
Outro diferencial que promete agradar aos clientes está na forma de servir o líquido dourado. “As cervejas da Hofbräuhaus não são armazenadas em barris. As biqueiras são ligadas diretamente a quatro tanques de 1000 litros onde as cervejas são produzidas, proporcionando assim mais frescor e sabor”explica o mestre cervejeiro.
Neste começo de projeto, a Hofbräuhaus BH vai oferecer as cervejas nos estilos lager, dunkel e weissbier.

Fonte:http://www.hojeemdia.com.br/2.979/cervejaria-alem-hofbrauhaus-chega-a-belo-horizonte-em-grande-estilo-1.361685

A cervejaria tem mesas coletivas e abriga 350 pessoas sentadas, seguindo o modelo da matriz É surpreendente que diante de tanta turbulência os jovens Bruno Vinhas, Francisco Vidigal e Henrique Rocha tenham feito um plano de negócios até 2035. Em 20 anos, os sócios esperam ter dez unidades da cervejaria Hofbräu no país, da qual são master franqueado


Facebook/Hofbräuhaus Belo Horizonte/Reprodução

Os belo-horizontinos estão tão 'sedentos' pelas cervejas da Hofbräuhaus que esgotaram a capacidade de atendimento da cervejaria na capital mineira (foto: Facebook/Hofbräuhaus Belo Horizonte/Reprodução)

Nem bem abriu as portas ao público de Belo Horizonte na terça, dia 24 de novembro, a cervejaria alemã Hofbräuhaus já está fechada temporariamente, para ajustar a logística de atendimento. Segundo informa o estabelecimento na conta oficial do Facebook, algumas questões técnicas atrapalharam o funcionamento da casa no dia da abertura e, desde então, ela precisou ser fechada.

"Estamos trabalhando para atender nossos clientes da melhor forma possível e fazendo todos os ajustes necessários para o perfeito funcionamento da casa", diz o texto divulgado pela Hofbräuhaus de BH na rede social.

A casa, que é comandada pelos jovens empreendedores Bruno Vinhas, Francisco Vidigal e Henrique Rocha, deve retornar à atividades nesta sexta, dia 27 de novembro, porém, passará a trabalhar com reservas, segundo nota enviada à Encontro pela assessoria da cervejaria.

"A Hofbräuhaus Belo Horizonte esclarece que a sua proposta é a de oferecer a melhor experiência para seus clientes, e que mesmo com todo o planejamento para receber bem o público mineiro na sua inauguração, o número de pessoas e de consumo excedeu todas as expectativas da casa. Para que a casa tenha condições de oferecer o melhor atendimenot e manter a qualidade e tradição como o templo da cerveja e da boa comida da Baviera, a Hofbrauhaus BH irá funcionar nos próximos dias com capacidade limitada de clientes", informa a nota encaminhada à imprensa.

Conforme a assessoria da casa, a expectativa é que volte a funcionar em plena Black Friday.  "A confirmação oficial será anunciada na manhã de sexta pelas redes sociais", diz o texto.

Tradição alemã

A Hofbräuhaus é uma das cervejarias mais famosas e antigas do mundo. Ela foi fundada em 1589 pelo duque William V da Baviera.

A lógica do estabelecimento é chamada de brewpub, ou seja, a bebida consumida pelos clientes é fabricada no próprio local. Além disso, as famosas cervejas HB são harmonizadas com a culinária alemã típica da região da Baviera.

Fonte:http://www.revistaencontro.com.br/app/noticia/atualidades/2015/11/26/noticia_atualidades,155825/hofbrauhaus-bate-recorde-de-publico-e-precisa-fechar-as-portas-para.shtml


HB09


Inauguração da Cervejaria Hofbräuhaus Belo Horizonte


Na última terça-feira, dia 24 de novembro, estivemos presentes na inauguração da “Cervejaria Hofbrauhaus/Belo Horizonte“, a primeira da América Latina e famosa no mundo inteiro pela qualidade do seu precioso líquido. Belo Horizonte realmente é uma cidade privilegiada, pois existem filiais da HB fora da Alemanha apenas nos EUA, China e Austrália. Antes de compartilharmos nossa experiência, um pouco de história:
Tudo começou no longínquo ano de 1589, época em que Wilhelm V., Duque da Baviera, estava insatisfeito com a qualidade da cerveja fabricada em Munique. O jeito, então, foi fabricar a própria cerveja. Eis então uma data histórica: no dia 27 de setembro de 1589, membros do conselho de Wilhelm recrutaram o mestre cervejeiro do “Mosteiro Geisenfeld”, de nome Heimeran Pongraz, que se tornou então o primeiro mestre cervejeiro Hofbrauhaus, inaugurada de fato 3 anos depois, em 1592.
Para conhecer mais detalhes sobre a história da nossa adorada HB através dos séculos até os dias atuais,clique aqui.
Todos sabemos que Belo Horizonte é conhecida como a “capital mundial dos bares” ou ainda “A Bélgica Brasileira“, devido a quantidade monstruosa de bares e a excelente qualidade de nossas cervejas especiais. E para não fazer feio, a HB escolheu para o início das atividades um lugar especial e estratégico, ou seja, na esquina das Avenidas Contorno com Rua Bernardo Mascarenhas, bairro Cidade Jardim, Zona Sul da cidade, reproduzindo de forma bastante fiel a sede de Munique, ao qual tivemos também o privilégio de visitar e degustar suas maravilhosas cervejas em maio de 2014.
Relembrando HB Munique, em 2014:
Localização da HB em Belo Horizonte:
Eis o momento de agradecer os jovens empreendedores Bruno Vinhas, Francisco Vidigal e Henrique Rocha, idealizadores do projeto.
O conceito “Brewpub” implementado pela HB em Belo Horizonte é um diferencial em relação às outras cervejarias, pois na mesma estrutura a cerveja é fabricada sob os cuidados do nosso amigo mestre cervejeiro Carlos Henrique Faria de Vasconcelos e são servidos pratos típicos da região da Baviera, cujo menu é assinado pelo Chef alemão Rocco Ruffner.
HB01
No cardápio, 4 tipos de cervejas: Weiss, Dunkel e Lager, e uma sazonal, que será trocada de tempos em tempos.
Na data da inauguração, a cervejaria abriu suas portas às 11hs, e um grupo de amigos sedentos pela novidade já se encontrava nas primeiras rodadas de cervejas às 13hs, inclusive ostentando suas fotos no nosso grupo whatsaap. Olhei para o relógio e infelizmente ainda teria que esperar longas 5 horas para o início das atividades.
Chegamos às 18hs em ponto, pois tivemos sorte em relação ao estacionamento. No entanto, para quem conhece a região do Bairro Cidade Jardim, chegue cedo e tente estacionar o mais próximo possível da Av do Contorno. Dica de segurança!!
Um fila imensa de  cervejeiros tomou conta do passeio a partir das 1830hs, ou seja, chegamos exatamente no limite entre a  felicidade extrema e a tristeza sem fim.
Nossas primeiras impressões:
A casa é dividida em praticamente “3 setores”, sendo dois externos e um interno.
Nos “setores externos”, temos as mesas localizadas nas proximidades da entrada do estabelecimento e mesas mais ao fundo, próximo aos banheiros.
Permanecemos na HB de 18hs às 22hs e nas vezes em que estivemos na área externa, o ambiente era descontraído, as mesas compartilhadas funcionavam a contento e a animação era geral.
HB02
Área externa da HB Belo Horizonte

HB03
Ótima oportunidade para uma gelada!!

HB05
Área mais ao fundo e “escondida” da HB Belo Horizonte, próximo aos banheiros

HB06
Tranquilidade para degustar uma breja gelada.
As atividades cervejeiras do dia foram iniciadas pela equipe da foto abaixo, no interior da cervejaria. Iniciamos com o famoso caneco de 1 litro na versão “Lager”, ao custo de R$ 28,00. Caro? Pois bem, lembre-se que em Munique o mesmo caneco custa 8 Euros, ou seja, cerca de R$ 40,00. A avaliação fica a critério do freguês.
Nossas impressões sobre a Lager HB: Ótima breja, de baixa fermentação, refrescante, levemente amarga e picante, ou seja: nota 10 no teste inicial!!
HB07
Prost!!

HB08
Início das atividades!!
Por volta das 19hs a cervejaria já se encontrava completamente lotada, e por incrível que pareça, o atendimento em relação aos pedidos cervejeiros não foi prejudicado, pelo menos em relação à nossa mesa. Avaliamos inclusive que a dinâmica da “mesa compartilhada” também funcionou a contento, mesmo tratando-se de um costume muito diferente daquele que estamos acostumados no Brasil.
Fonte:http://www.viagensevivencias.com.br/2015/12/inauguracao-da-cervejaria-hofbrauhaus-belo-horizonte.html
HB09
Mesas compartilhadas e muita cerveja!!
Ficamos curiosos em relação a um aspecto: e a banda típica alemã, tão comum na HB de Munique e que faz a alegria dos turistas de todo o mundo? Constatamos que a nossa HB tupiniquim não dispõe de um espaço adequado para uma banda típica, como em Munique. O palco foi montado nos moldes de um típico Pub, no interior da cervejaria e bem próximo às mesas.
HB10
Banda típica alemã.
Para os amantes da HB, uma pequena loja de “souveniers”, bem na entrada, onde o cervejeiro de plantão terá a oportunidade de comprar canecas, taças, camisas e outros presentes para os amigos e toda família, tudo sob os olhares de uma típica “vendedora alemã”.
HB11
Nas próximas 3 fotos, mais um pouco do ambiente no interior da cervejaria:
HB12
“Brewpub” HB

HB13
Descontração total!!

HB14
Mais uma, por favor!!
Também degustamos a versão “Weizen”, versão 0,5 L, ao preço de R$ 14,50, deliciosamente refrescante, com excelente acidez e sabor frutado. Nós merecemos!!
HB15
Perfeita para acompanhar sushis, frutos do mar, salsichão branco grelhado, saladas e pratos da culinária tailandesa.
Nesse ambiente descontraído, a cada 20 minutos, um brinde entre os presentes!! Prost!!
Como bom cervejeiro, também degustamos a versão “Dunkel”, versão 0,3 L, ao preço de R$ 8,90, a primeira breja fabricada pela HB e referência mundial nesse estilo, além de tratar-se da minha preferida, naturalmente escura, refrescante e com notas tostadas remetendo a chocolate e café, além de notas picantes de lúpulo. Sensacional!!
HB16
Ideal para acompanhar carnes grelhadas, assadas e embutidos em geral.
No rápido vídeo abaixo, mais um pouco do ambiente descontraído da área interna da cervejaria, completamente cheia, mas longe de estar lotada.
Para acompanhar as maravilhosas brejas disponíveis, decidimos pela “HB Wurstplatte mit Kartoffelpuree und Sauerkraut”, ou seja, “Salsichas variadas com purê de batata e chucrute”. Nosso parecer? Excelente prato!! PS.: Tempo desde o pedido à chegada do prato: 1h20min!!! Segundo o garçon, houve erro no sistema informatizado de pedidos. Entendemos que estamos falando do dia de estreia e a procura foi acima das expectativas, mas fica a observação!!
HB18.1
HB Wurstplatte mit Kartoffelpuree und Sauerkraut
Por volta das 20:15hs, a banda começou a tocar músicas tipicamente alemãs, alternadas com adaptações brasileiras. No vídeo abaixo, uma “palhinha” do show:
Nossa avaliação: Muito bacana e serviu para alegrar ainda mais o ambiente, no entanto, foge um pouco da proposta da HB Munique, que envolve além da banda e das músicas, danças típicas e artistas vestidos com roupas da Baviera. No vídeo é fácil constatar essa diferença! E isso não é uma crítica, apenas um fato!!
Abaixo fotos da banda da HB em Munique:
Abaixo e em primeira mão, o “cardápio” oferecido pela Cervejaria Hofbräuhaus.
HB18

HB19

HB20
Já na parte final do cronograma de atividades do dia, a equipe cervejeira foi reforçada pelas nossas amigas Vivian, Laura e Flávia.
No próximo vídeo, mais um pouco da “festança”, com uma singela crítica a alguns cervejeiros: não é necessário nem obrigatório subir nas mesas e cadeiras para derrubar cerveja nas pessoas próximas. A educação agradece!!

Por volta das 22hs, já satisfeitos e com a certeza que a missão foi cumprida, após 4 horas de intensas 

André Renault/Divulgação


A estrutura da cervejaria Hofbräuhaus em BH segue a mesma lógica da sede em Munique: a bebida é fabricada no mesmo local em que são servidos os pratos típicos alemães (foto: André Renault/Divulgação)


Em abril deste ano, o portal da Revista Encontro noticiou em primeira mão a chegada a Belo Horizonte da primeira filial na América Latina da tradicional cervejaria alemã Hofbräuhaus. Com os jovens empreendedores Bruno Vinhas, Francisco Vidigal e Henrique Rocha à frente do negócio, a "casa que vende cerveja Hofbräu", cuja sede fica em Munique, na Alemanha, deve abrir as portas no dia 24 de novembro.

A Hofbräuhaus possui unidades na Austrália, China e Estados Unidos, e, em BH, a cervejaria está instalada num casa de 1011 m² na avenida do Contorno 7613, no bairro Cidade Jardim, zona centro-sul da capital, ao lado da praça Desembargador Ayrton Maia. O conceito do espaço segue a lógica do brewpub, ou seja, a produção da cerveja se dá no mesmo lugar em que o público pode consumir iguarias da culinária alemã.

A cervejaria possui o cardápio típico da região da Baviera, o maior estado da Alemanha, e que faz divisa com a Áustria. O menu foi preparado pelo gastrólogo e chef alemão Rocco Küffner. A produção da cerveja fica sob o comando do mestre cervejeiro mineiro Carlos Henrique Faria de Vasconcelos.





BBMC Tobias Ranzinger/Divulgação

A Hofbräuhaus existe desde 1589 em Munique e é uma das cervejarias mais antigas em atividade no mundo (foto: BBMC Tobias Ranzinger/Divulgação)



História

A Hofbräuhaus é uma das cervejarias mais famosas e antigas do mundo. Fundada em 1589 pelo duque William V da Baviera, a intenção era deixar de comprar cerveja da região da baixa Saxônia. Apenas em 1828 a cervejaria foi aberta ao público.

A casa é famosa também por ter iniciado a Oktoberfest, a grande festa da cerveja, em 1810, como marco da celebração do casamento do rei Ludwig I da Bavária.

Durante a Segunda Guerra Mundial, toda a estrutura da cervejaria foi destruída num bombardeio em Munique, e foi reconstruída em 1958.


Fonte:http://www.revistaencontro.com.br/app/noticia/gastro/2015/11/09/noticia_gastro,155675/hofbrauhaus-deve-abrir-em-novembro-em-belo-horizonte.shtml

Cervejaria alemã Hofbräuhaus chega a Belo Horizonte



Para os entendedores de cerveja o nome e a marca Hofbräuhaus são sinônimos de Munique e da Alemanha. A história da cervejaria começa em 1589 quando o Duque da Baviera resolveu fabricar sua própria cerveja para não ter que pagar os altos preços da bebida que era comprada em Einbeck, na Baixa Saxônia. Assim foi fundada a Hofbräuhaus que, em alemão, significa“cervejaria da corte”. Ela ficou restrita entre a nobreza até 1828 quando foi aberta para o público em geral.
Na próxima terça-feira (24), ela também passa a fazer parte da história dos cervejeiros da capital mineira. Belo Horizonte vai ter a primeira filial da Hofbräuhaus na América Latina (Avenida do Contorno, nº 7613).
Com capacidade para 350 pessoas em um ambiente confortável e aconchegante, a Hofbräuhaus BH segue os padrões do modelo internacional. As mesas são todas coletivas, com enormes bancos que fazem com que as pessoas desconhecidas se misturem e bebam juntas.
O cardápio da também segue o que é servido em Munique com muitas carnes, especialmente suínas, chucrute, joelho de porco, entre outros. A casa servirá almoço e jantar a la carte e prato executivo.

Breja alemã feita em BH
Um dos principais questionamentos feitos com a chegada da Hofbräuhaus em BH é como a cerveja feita aqui seria igual a produzida em Munique.
O mestre cervejeiro Carlos Henrique de Farias explica que as receitas vieram da matriz e que todos os ingredientes e maquinários também são importados da Alemanha. Até a água utilizada na fabricação da Hofbräuhaus em Belo Horizonte passa por um tratamento para chegar ao mesmo perfil mineral da água de Munique.
“Para manter a qualidade e o padrão, mensalmente, as cervejas feitas aqui serão enviadas para um laboratório de análise, que por sua vez envia o resultado para a matriz. Todas as receitas são produzidas de acordo com a Lei de Pureza Alemã de 1516 - a Reinheitsgebot, utilizando apenas água, malte de cevada, lúpulo e levedura de cerveja”, conta Carlos Henrique.
Outro diferencial que promete agradar aos clientes está na forma de servir o líquido dourado. “As cervejas da Hofbräuhaus não são armazenadas em barris. As biqueiras são ligadas diretamente a quatro tanques de 1000 litros onde as cervejas são produzidas, proporcionando assim mais frescor e sabor”explica o mestre cervejeiro.
Neste começo de projeto, a Hofbräuhaus BH vai oferecer as cervejas nos estilos lager, dunkel e weissbier.

Gostou dessa novidade? Você acha que as cervejeiras tradicionais devem sair de suas origens?
Comente, dê sua opinião!!! Já foi na HB na Alemanha? 

Fonte: r7.com


Postagens mais visitadas deste blog

BRASILEIRO BEBE CERVEJA COM ATÉ 45% DE MILHO TRANSGÊNICO !

Brasileiro Bebe Cerveja com até 45% de Milho Transgênico!
Poucos sabem, mas quando bebem cerveja no Brasil estão geralmente tomando 45% de conteúdo transgênico, uma vez que a cevada vem sendo trocada por milho (que é quase todo transgênico no Brasil).Uma das bebidas mais adoradas pelos brasileiros, a cerveja, geralmente é produzida de malte feito de cevada. Mas algumas receitas permitem o uso de outros cereais. A cerveja brasileira por exemplo na verdade é quase uma bebida alcoólica de milho. Isso mesmo. Uma pesquisa da USP e da Unicamp mostra que cervejas Brasileira possuem 45% de milho em sua composição, percentual máximo permitido pelo Governo. E a para piorar, eles querem que o governo aprove que seja permitido que esse percentual suba para 50%. Ou seja eles querem que uma cerveja possa ter em sua composição até 50% de milho ou arroz, que são bem mais baratos que a cevada. Pois é amiguinho, se você bebe Bohemia, Brahma, Skol, Antarctica ou Nova Schin, você bebe uma mistura de refresc…

BENEFÍCIOS MEDICINAIS DA CERVEJA

Pesquisa aponta que doses moderadas da bebida favorecem a saúde, mas exagero anula os benefícios. Conheça as últimas pesquisas sobre o assunto

A cerveja, presente no happy-hour, na noitada, nas comemorações e nos almoços de domingo, pode ser benéfica à saúde, caso consumida com moderação (no máximo duas latinhas por dia).

O exagero, no entanto, anula todos os efeitos positivos creditados à bebida e amplia o risco de doenças líderes em causa de morte, como infarto , acidente vascular cerebral (AVC)  e diabetes.
Os médicos de diversos países estão empenhados em descobrir o lado terapêutico do líquido resultante da mistura de cevada, lúpulo e malte, sem esquecer de alertar a população sobre os perigos de exagerar na dose. As pesquisas mais recentes sobre o tema foram apresentadas no Simpósio Internacional de Cerveja e Saúde, realizado em Madri (Espanha) na primeira semana de novembro.

Médico ensina a incluir cerveja na dieta saudávelNa Espanha, governo defende bebida como parte da pirâmide a…

AS 10 MELHORES CERVEJAS NACIONAIS (BRASIL)

As 10 melhores cervejas nacionais(Brasil)
5 de agosto de 2016/em/por
Hoje é comemorado o dia internacional da cerveja! o/ E cerveja não é bebida exclusiva de homens, muito pelo contrário, as mulheres sempre estão presentes em bares para degustar uma boa gelada (gelada só aqui no Brasil, ok?). Acredita-se que a cerveja tenha sido a primeira bebida alcoólica produzida pelo homem. É uma bebida carbonatada (com gás), produzida a partir da fermentação de alguns cereais maltados com cevada e trigo (esses cereais possue